Cool da cabeça aos tênis

20 abr

(escrito no primeiro bimestre de 2010)

Se o começo dessa década contou com muitos ídolos visualmente comedidos, não se pode dizer o mesmo de seu final. Houve uma explosão de figuras extravagantes, talvez com destaque maior para Lady Gaga. Figura mundialmente adorada, a cantora abusa da excentricidade, virando notícia a cada aparição. A febre emo também deixou uma série de visuais freak e exagerados em evidência na mídia. No Brasil, a apresentadora e blogueira Marimoon é uma das figuras públicas que mais se destaca por roupas e cabelos em constante mudança, vários deles bem ousados para a televisão.

Marimoon e seu tênis “Cheshire Cat”, feito por Tatiana Zacariotti

O tênis customizado está entre os artigos em alta nessa inovação estética.  Nos pés de celebridades e jovens, a mania de decorar o calçado com estampas próprias e exclusivas está cada vez mais evidente.  Divulgados por meio de blogs dos artistas, os tênis expõem diversos temas: bandas, personagens, paisagens, frases estilizadas, abstratos – e por aí vai, até o limite da criatividade.

Lilian Carvalho, formada em Design Gráfico pela Escola Panamericana, diz que pintou um primeiro tênis para uma amiga, só por diversão. O pisante fez sucesso na turma, o que motivou a artista a continuar na área. “Pouco depois de colocar as fotos dos tênis na internet, uma garota de Goiás pediu para eu fazer um, com tema de ‘doces’. Achei a ideia boa e topei”, comenta a artista, que também é diretora de arte numa empresa de propaganda.

Tênis com tema “doces”, feito por Lilian Carvalho

Assim como Lilian, Tatiana Zacariotti, formada em Artes Plásticas pela Unesp, concilia a atividade com um emprego em assessoria de comunicação. Antes dos tênis, já pintava camisetas para amigos que não conseguiam encontrar determinadas estampas no mercado. Ela experimentou pintar tênis por acaso. “Comprei um All Star branco, me arrependi e resolvi pintá-lo. O tênis é de lona e eu já estava acostumada com pintura em tela, então fluiu naturalmente.”

A venda de tênis customizados ocorre majoritariamente por internet. Ainda não há muitas lojas físicas nem bancas em feiras livres que comercializem o artigo. “A internet funciona como um grande portfólio”, comenta Lilian. Tatiana vê vantagens tanto nos preços quanto no alcance. “Há um grande mercado para isso fora de São Paulo, a procura é muito grande em estados do Nordeste, por exemplo.” Bruna Veloso, formada em Artes Cênicas e pós-graduada em Moda, concorda, apontando que “é muito mais comum receber pedidos do Sul, de São Paulo e do Nordeste do que de Belo Horizonte”, cidade em que reside. Bruna começou a pintar tênis depois de ver uma matéria no programa Mais Você, da Globo, e se deu bem com o produto. Recentemente, ela apareceu na Capricho numa matéria sobre tênis customizados do filme Crepúsculo, sendo a única artista nacional da matéria.

Tênis com tema “Crepúsculo”, feito por Bruna Veloso

Sobre os temas mais procurados, Tatiana tem um pódio na ponta da língua: “Pequeno Príncipe, Alice no país das maravilhas e Beatles são muito pedidos. Eu até peço aos clientes uma certa margem de criação para não repetir layout, senão fica chato”. É também o que diz Lilian, que resolveu só trabalhar com criações próprias, recebendo do cliente apenas o tema, para então desenvolver o layout por conta própria.

Ao aprofundar mais no tema do tênis como forma de expressão, as duas são categóricas.  Além de defender a criação autoral do tênis, Lilian acredita na importância do jovem “adquirir um produto que o insira numa tribo e o faça se sentir parte de algo”.  Tatiana comenta que trata a customização de tênis “como um designer de móveis trataria suas peças, buscando união do ‘útil’ e do ‘belo’”, sendo que já trabalhou com pedidos mais incomuns, que requisitaram (além da tinta) arrebites, lichamento e até bordados.

Falando em pedidos incomuns, Bruna comenta sobre um que recebeu do Pará querendo um tênis da banda Aviões do Forró. O cliente exigiu que o calçado tivesse “arte em quadriculados e azul turquesa ao fundo”. Segundo Bruna, é muito comum receber encomendas de pessoas apaixonadas por um tema, sugerindo layout com excesso de informação e que não funciona esteticamente.  Contra essa poluição, ela diz que o diálogo com o cliente e a criação conjunta ainda são as melhores saídas.

Temos promissoras jovens artistas lidando com esse novo mercado, que já existia de forma mais popular no exterior e está chegando com tudo ao Brasil, com direito a matérias em revistas e famosos aparecendo com esses calçados na televisão. Pouco a pouco, esses tênis estão fazendo a cabeça dos jovens.

Bruna Veloso

Flickr: /brunaveloso

Lilian Carvalho

Flickr: /diferenteassim

Tatiana Zacariotti

Flickr: /immateria

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: