Saladatas (22 a 28 de março)

22 mar

22 de março

Este foi um grande dia para a música pop. Bruce Dickinson fazia sua estreia como vocalista no Iron Maiden com The Number of the Beast (1982), o Aphex Twin lançava o single Windowlicker (1999), os Beatles iniciavam sua impecável trajetória de LPs ingleses com Please Please Me (1963), Zappa continuava seu rock sofisticado com Apostrophe (1974) e o Depeche Mode mostrava ao mundo sucessos como Walking in my Shoes, Condemnation e Rush no álbum Songs of Faith and Devotion (1993).

23 de março

Os diretores Akira Kurosawa (1910) e Michael Haneke (1942) nasceram neste dia. Além disso, o mundo pôde começar a acompanhar as trapalhadas de Mahoney e companhia em Loucademia de Polícia (1984). De quebra, em 2004, o Eagles of Death Metal iniciava sua carreira com Peace Love Death Metal.

24 de março

Neste dia, em 2005, ia ao ar o primeiro episódio da versão norte-americana de The Office. Protagonizada por Steve Carell, no papel de Michael Scott, o seriado mostra o dia-a-dia cheio de piadas constrangedoras e falta de noção em uma pequena empresa de papel. Atualmente, a série está em sua oitava temporada, a primeira sem Carell – mas continua boa.

25 de março

Em 1963, os Beach Boys ainda não tinham atingido seu auge, mas já chamavam atenção com hits simpáticos e irresistíveis como Surfin’ USA. Algumas décadas antes, nascia Lawrence Gordon, produtor de diversos filmes notáveis de ação e aventura, como The Warriors – Selvagens da Noite, Ruas de Fogo, 48 Horas, Predador, O Enigma do Horizonte e até o caríssimo Waterworld (foto), entre outros.

26 de março

Em 2004, os irmãos Coen lançavam neste dia o remake de The Ladykillers. Embora o filme original, de 1955, seja muito mais elogiado, considero que esse é um filme bom da dupla, ainda que esteja longe de estar entre os melhores.

27 de março

Neste dia, em 1963, nascia Quentin Tarantino. Cães de Aluguel, Pulp Fiction, Jackie Brown, Kill Bill 1 e 2, À Prova de Morte e Bastardos Inglórios. Eterna gratidão.

28 de março

E o Saladatas de hoje fecha com outro grande dia de álbuns. Em 1973, o Led Zeppelin apresenta Houses of the Holy, com D’yer Mak’er, No Quarter, The Song Remains the Same, entre outras pérolas do hard rock. Em 1991, o Roxette também trazia diversos hits em Joyride, com destaque para Spending my Time. Por fim, o Faith No More lançava o maravilhoso King for a Day… Fool for a Lifetime – e como liguei para o Disk MTV nessa época para pedir as músicas Ricochet e Evidence. Bons tempos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: