Masada (Cine Joia, 17/03/12)

17 mar

Não sentia nada parecido com esse show do Masada desde uma performance que vi do Hermeto Pascoal e sua banda há alguns anos no Sesc Vila Mariana. Uma apresentação em que todos estão tinindo, completamente à vontade em seus instrumentos e fazendo música instrumental de ponta. Fiquei entorpecido mesmo. Joey Baron parecia estar fazendo uma mistura de golpes marciais com movimentos Matrix na bateria, experimentando percutir cada peça de uma forma diferente, transgredindo tempos e colorindo melodicamente suas linhas. Fiquei feliz de apertar os ombros dele na saída.

O show teve uma hora e meia, mas pareceu só meia. Foram poucos temas, como Piram e Beeroth, todos com solos bem estendidos. Eles voltaram para o bis duas vezes. Ainda bem que o Zorn ficou simpático da metade da apresentação para frente. No começo, ele ficou puto com um cara que tirou fotos na cara dele com flash. Na primeira, avisou. Na segunda, xingou. Depois até cuspiu para o sujeito se tocar. Mas, no final, já era pura simpatia. Regendo, tocando, convulsionando. Essa vinda do Masada para o Brasil foi muito inesperada e deu vontade de morar em Nova York para poder vê-lo mais vezes. Por ora, basta se contentar com o Secret Chiefs 3 que virá em abril tocar no Sesc Belenzinho. Mas essa vinda do Masada ficará na memória e, numa ocasional volta, é algo completamente imperdível para entusiastas da música instrumental.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: