Medalhão de filé mignon ao molho de cogumelo shiitake

5 mar

Começou hoje em São Paulo a décima edição do evento Restaurante Week. Após o cancelamento de uma saída, resolvi ir a algum estabelecimento próximo que estivesse participando da maratona gastronômica. Na hora da janta, entrei pela primeira vez no Per Paolo. Ele fica num cantinho muito aprazível da Cardoso de Almeida, a praticamente uma quadra do Tuca e da PUC. Fui muitas vezes lá para comer no Makis Place e na Amor aos Pedaços, que ficam logo ao lado do restaurante, especializado em cozinha italiana.

Por ir acompanhado, pude experimentar as duas possibilidades de entrada previstas na promoção. Mesmo com o desdém do garçom ao confirmar que estávamos lá para a Restaurante Week e não para o cardápio normal, da boca para dentro tudo começou bem. Pedi a salada verde com tartare bovino. Apesar da má impressão pela quantidade, tudo foi compensado pela iguaria central, feita de carne crua. Bastou uma garfada dela com algumas folhas para saber que seria um excelente início de refeição.

A outra entrada, também com base em folhas verdes, vinha com palmito pupunha fresco ao molho de aceto balsâmico. Curiosamente, o cardápio indicava a presença de cebolas carameladas, que não vieram. Sendo assim, o destaque do prato ficou para o molho escuro, que deu toque especial para a salada.

Para o prato principal, pedi o tagliatelle de alho-poró e cebola. A massa era bem leve e fina, mas a fusão com o molho branco conferia cremosidade ao macarrão, melhorando bastante o gosto final. O detalhe primordial do prato são os pedaços de salmão marinado em limão. Eles aparentam ter ficado juntos no tempo certinho, dado o casamento perfeito entre o gosto do peixe e o da fruta.

Contudo, o medalhão de filé mignon ao molho de shiitake foi o destaque. Os dois pedaços bem avolumados da carne, cobertos com cogumelos, estavam muito bons e foram servidos ao ponto. Normalmente, prefiro bife bem passado, mas nesse caso valeu a pena – ainda mais com o acompanhamento de risoto de açafrão, bem empapado, mas num bom sentido. Esse foi o prato que me deu vontade de provar as demais coisas da casa, que também vende seus produtos congelados no local.

Apesar de tudo, a noite foi fechada com uma decepção sem igual – e justamente com o doce, sobre o qual guardava tantas expectativas. Poucos lugares vendem tiramissu e fiquei alegre de saber que esta era uma das sobremesas oferecidas. Quando chegou à mesa, achei sua cor estranha, mas confiei que o sabor estaria bom. Ao dar a primeira colherada, senti que a consistência dele estava duvidosa mesmo, endurecida, parecendo pudim amanhecido, ou pior, flan amanhecido. Rezando para que a parte abaixo estivesse melhor, tudo apenas piorou. O biscoito estava “ex-umedecido”, seco e envelhecido. Péssimo. Nunca pensei que largaria um tiramissu no meio, mas esse estava inacreditável. Fiquei com dúvidas se não estava passado da validade mesmo. Talvez algum equívoco de refrigeração e descongelamento possa ter comprometido toda uma leva. Mas enfim, por mais lamentável que seja a perda de um lote, pior ainda é servi-lo aos clientes (até porque eles podem falar mal depois).

Com entradas simpáticas, pratos principais com detalhes interessantes e uma péssima sobremesa, a ida ao Per Paolo foi bem mediana. Além do erro-monstro com o tiramissu, a massa também poderia ter mais substância – mas era tagliatelle, então até é compreensível. Ainda assim, o que é duro na Restaurante Week é que o preço pode ser barato em relação ao que é normalmente, mas ainda assim é uma facada, principalmente a janta. Se o estabelecimento é fino demais e dá um migué pondo pouca coisa no prato do cliente, até posso entender. Ele está pensando em apresentar o “gosto da casa” a potenciais novos clientes e deixá-los com vontade de retornar e apurar qual é o “real deal”. Mas jamais ele pode colocar comida duvidosa na jogada, como no caso desse tiramissu – que consegue broxar qualquer apetite.

Medalhão de filé mignon ao molho de cogumelo shiitake

Per Paolo

R. Cardoso de Almeida, 1021, Perdizes

R$ 43,90 (servido com entrada de salada de folhas verdes com steak tartare e tiramissu como sobremesa)

Uma resposta to “Medalhão de filé mignon ao molho de cogumelo shiitake”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Cheesecake de frutas vermelhas « Gotas de Chumbo num Patíbulo - março 20, 2012

    […] ano consegui ir a três estabelecimentos diferentes na Restaurant Week. Primeiro no Per Paolo, que foi decepcionante em seu tiramissu passado da validade, no Estación Sur, disparado o melhor […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: