Mushroom Burger

23 fev

Ontem tive o prazer de rever A Invenção de Hugo Cabret (que, puta merda, deveria ganhar o Oscar) na sessão das 21h no Kinoplex Itaim. Nunca tinha ido lá, achei os arredores bem agradáveis. Fica bem perto da Casa do Saber, onde trabalhei em 2010. Como faltavam ainda algumas horas para o filme, fui com uma amiga ao Butcher’s Market, uma hamburgueria a poucas quadras de lá. Tinha dado uma olhada no cardápio pela internet e fui esperando coisa fina pelos preços. Escolhi o Joint Burger, mas acabei ficando fascinado mesmo pelo Mushroom Burger que ela pediu. O interessante é que sempre tive aflição de cogumelos, principalmente por más experiências com pizzas de champignon durante a infância. Se você passou por algo parecido, esse lanche é certo para acabar com o trauma e se apaixonar pelo ingrediente.

Como entrada, pedimos uma porção de tapioca. Apesar do tamanho reduzido, o sabor compensou. Foram servidos 7 ou 8 desses bolinhos de tapioca que vêm cheios de pedacinhos pulverizados de queijo coalho. A consistência do petisco estava na medida, não sendo farelento nem borrachudo. Eles são fritos em óleo de girassol e servidos com um molho agridoce da casa, que deixa cada um desses cubos ainda mais delicioso. A hamburgueria conta com diversas opções de entrada, dando mais água na boca pela descrição as Cheese Chili Fries (fritas com molhos chili, cheddar e creme azedo) e o Pork Bun que, segundo a descrição do site, é um “pãozinho chinês feito no vapor e recheado com carne de porco, pepino agridoce, cebolinha e molho coreano a base de pasta de feijão”.

O Joint Burger acabou me decepcionando. Após a difícil escolha do cardápio de burgers, resolvi que a cebola roxa caramelizada e a maionese de rabanete, que estão no lanche, poderiam fazer desse prato o mais específico do lugar. A primeira surpresa foi com a cebola em tiras, que me lembrou muito a aparência de sashimi de atum. A primeira garfada foi feita com receio, mas o sabor era bom. Resolvi provar isoladamente a maionese de rabanete, que vinha tanto no lanche quanto à parte. Nunca tinha ouvido falar nesse tipo de maionese, mas o gosto sozinho era muito ruim e bem forte sem ser picante. Pareceu um pouco adstringente e não tenho certeza se isso é natural em rabanete, mas de qualquer jeito, estava ali de uma forma desagradável. Inconformado, resolvi testar a teoria do custard, que também pode ser ruim sozinho, mas em harmonia com doces pode não só ficar bom como valorizar aquilo que acompanha (como naquela torta de chocolate em massa de canela da Pie in the Sky).

E é fato, uma garfada do hambúrguer de 180g (que é muito bom se for pedido bem-passado), junto com alface, cebola e esta maionese, fica boa. Mas adicione-a com parcimônia, apenas para dar um gostinho. Se for usada em excesso, como é fácil ficar sugestionado a fazer, devido à quantidade abastada que vem à parte, o gosto dela pode anular os demais e tornar o hambúrguer quase intragável. Se a pessoa acertar a medida, colocando apenas o suficiente para salpicar de leve o hambúrguer, o Joint pode ser um ótimo lanche. Falando em custard e vendo essa foto do sanduíche, em que a maionese de rabanete tem umas estrias laranjas, lembrei desta cena do clássico Fome Animal, de Peter Jackson:

Talvez esse vídeo tenha arruinado a vontade de ler sobre comida. Mas não importa, a cena é boa demais. E falemos do melhor da noite: este Mushroom Burger. Querendo prová-lo apenas para conhecer mais das opções do estabelecimento, acabei adorando esses cogumelos. Me lembrou o pouco que comi de shimeji em restaurantes japoneses, mas definitivamente esses estavam soberbos e inesquecíveis, fossem sozinhos ou no contexto do lanche. A carne, também de 180g, vinha acompanhada de mussarela e um molho que o Butcher’s Market intitula de “house ketchup”, bem picante e muito saboroso, que poderia fazer as vezes de barbecue em local menos sofisticado. O melhor é que eles têm um barbecue da casa, que certamente provarei numa outra oportunidade. Felizmente, eles oferecem opções de molho e recheios adicionais para qualquer lanche.

Para encerrar, pedimos duas das sobremesas do local: o Julles Brownie com sorvete Haagen-Dazs de macadâmia e o Chocolate Volcano, um gateau com sorvete de chocolate belga da mesma marca. Os dois vieram acompanhados de sutil calda de café sobre o prato, outra agradável surpresa, que casou bem com os sabores de ambos os doces. Durante a refeição, bebi o Lemon Juice, que na verdade é suco de limão com lima da pérsia, hortelã e club soda. O gosto estava muito bom, só lamentei os gominhos mesmo, mas isso é frescura minha, que coo até caipirinha.

No fim, valeu a pena ir ao Butcher’s Market. Apesar da decepção com o Joint Burger, os demais pedidos ficarão na memória. Dá vontade de voltar para conhecer outros itens do menu, como o Market Original Burger, acompanhado por agrião, bacon defumado, mussarela, tomate e barbecue, ou uma salada muito curiosa chamada Coleslaw, que é composta por repolho branco e roxo, maçã, uva passa, maionese e mostarda Dijon. De sobremesa, há também dois tipos de milk-shake feito com Haagen-Dazs (certamente fabulosos), além do Icecream Sandwich, em que uma bola de sorvete da marca é prensada por dois cookies Mr. Cheney. Aos que estiverem em busca de uma noite mais ébria, a casa tem boas opções de cerveja importada, além de chopp Guinness, servido em pint ou gallon, e variados coquetéis. Tudo isso com bom atendimento, trilha sonora entre blues e rock e sem demora para os pratos chegarem. Estando preparado para gastar numa escala semelhante à do Outback, vale a pena conferir.

Mushroom Burger

Butcher’s Market

R. Bandeira Paulista, 164, Itaim Bibi

R$27

2 Respostas to “Mushroom Burger”

  1. Adriano Garrett fevereiro 26, 2012 às 6:59 pm #

    Cara, não sei se você ficou sabendo que, um dia depois de você ir lá, o restaurante (que, aliás, é do lado da minha casa) foi assaltado. Deu sorte, hein?

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1052833-bandidos-roubam-clientes-em-restaurante-do-itaim-bibi-em-sp.shtml

    • jacksorridente fevereiro 27, 2012 às 9:03 am #

      A Tatiana me contou e pensei o mesmo, foi sorte demais!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: